Regras… da internet e por que não do motoclubismo…

Regras… da internet e por que não do motoclubismo…

Apesar de longo, por favor LEIA!

Página no site do Clube Virago que orienta sobre o que é o Clube Virago.
http://clubevirago.ueuo.com/clubevirago.php?pagina=oclube.html

O texto com as regras é enviado a todos os que se associam. É um documento com 4 páginas (5 se contar com a capa). O Alex e eu estamos dando uma revisada para ficar mais condensado. Imagino que poucos lêem o documento quando recebem, baseado na experiência que tenho com outras listas que participo.

A página acima citada do site do Clube Virago cita a “Netiqueta” (Net + Etiqueta = Etiqueta da Internet).

E o que é essa tal de “NETIQUETA”?

Abaixo, tracarei um paralelo entre as “Regras de Moto clubes” e as “Regras da Internet”, para tentar facilitar o entendimento usando como referencia o motociclismo, que todos aqui adoram e, se não conhecem as profudezas e submundo, deveriam conhecer. Como “currículo”, cito que não sou nem de longe pioneiro do motociclismo mas fui sim pioneiro da internet no Brasil. Montei e operei por três anos o primeiro provedor de acesso discado que funcionou no sul de Santa Catarina, em novembro de 1995. A internet no Brasil foi liberada para uso fora do meio acadêmico/militar em MAIO/1995! Compenso meu atraso no motociclismo pesquisando a fundo o tema, NA ESTRADA e não na internet! Rodo 30mil Km/ano desde 2006, visitando Moto Clubes, moto grupos, dos sérios aos comédias, participando tanto de eventos fechados quanto comerciais, conversando com a velha guarda, sem vergonha ou medo de perguntar qualquer coisa. Já recebi até ameaça…

Quando você visita a casa de alguém, você abre a geladeira e se serve, ou mija de porta aberta? Mastiga de boca escancarada, ou peida durante a refeição?

Quando numa roda de pessoas conversando, você interrompe a cada 10min pra avisar que tem um troço qualquer à venda? Ou interrompe pra responder pergunta que não é pra você? Ou interrompe pra falar da sua coleção de borboleta, sendo que o assunto sendo tratado era a melhor cerveja do Brasil?

Quando participando de um Moto Clube sério, você desrespeita alguma das regras internas definidas pelo clube, aquelas que você DEVE conhecer pra ter entrado?

Não, né?

Assim como a vida real, a “vida virtual” tem suas regras não-escritas. Da mesma forma também o motoclubismo com suas regras e tradições não-escritas.

Já foi citado aqui, e talvez vocês tenham escutado isso, ou até falado, que os valores e tradições motociclísticas estão se perdendo com a “popularização da moto”. Quais valores e tradições?

MC sem estar formalizado (ata de fundação, estatuto, registro em cartório, sede própria, CNPJ), MC sem hierarquia, MC com nomes ridículos/pejorativos, MC de uma ou duas pessoas somente, MC com integrantes SEM MOTO, e agora o pior, MC com integrantes SEM CARTEIRA DE HABILITAÇÃO! A ajuda entre motociclistas na estrada! A recepção a motociclistas visitantes! O respeito às cores! O respeito às famílias dos irmãos e amigos! Isso pra ficar só no básico, sem entrar em outros detalhes mais profundos.

É muito pro coração de quem lutou anos atrás para existirem MCs sérios e respeitados, ver a coisa chegar a esse ponto hoje!

Da mesma forma, as “regras da internet” estão sendo perdidas com a “popularização da internet”:

usuários falsificam identidade (escondem-se atrás de apelidos), escrevem gírias incompreensíveis (principalmente os adolescentes) ou não sabem escrever mesmo, não entendem o que lêem, não pesquisam e repetem todas as perguntas já devidamente esclarecidas, interpretam qualquer comentário como ofensa pessoal, consideram qualquer um que queira organizar a bagunça como tirano autoritário ditador sanguinário, não sabem argumentar, respondem prolixamente, enviam correntes e trotes sem raciocinar sobre a veracidade da mensagem, não atualizam o assunto do email quando a conversa muda no texto das mensagens, entram em listas e fóruns com fins apenas comerciais, enviam propaganda e/ou outros materiais fora do contexto, isso quando não enviam pornografia, material racista, pedófilo, usam a internet para roubo de senhas e outros crimes, etc, etc, etc. NADA DISSO havia no começo da internet! Era um ambiente acadêmico/militar, lembram?

É muito pro coração de quem lutou anos atrás para que a internet viesse a público, ver a coisa chegar a esse ponto hoje.

Ninguém nasceu sabendo! O novato não tem obrigação de saber, mas OS VETERANOS TEM OBRIGAÇÃO DE COMPARTILHAR E ENSINAR!

Uma das muitas páginas que falam sobre a netiqueta: http://ryan.com.br/wp/netiqueta/

Então ao participar de listas de discussão e fóruns na internet, procure conhecer, respeitar e aplicar as regras locais, e não “mijar de porta aberta”!

Ao comprar uma moto e entrar para o motociclismo, procure conhecer e respeitar as regras, antes de criar mais um “ESTRÔNCIOBÁRIO DO ASFALTO MC” com duas pessoas, uma sem moto e a outra sem habilitação. Melhor ainda, não crie! Pesquise e aprenda antes, pra depois agir.

E se discordares, pode vir… estou doido por uma boa discussão! 😉

PS:
1 – E é por isso que eu sou chato com quem só entra em listas/fóruns pra vender, ou pra COLETAR SEU EMAIL pra enviar propaganda (isso existe!). Com quem entra numa lista de Virago pra falar de Harley, ou pra falar de borboletas. Incomoda, e muito!
2 – O texto é meu, estou colocando no site do El Bando, e se quiserem copiar, pelo menos citem a fonte, porra! (pois até isso já fizeram, copiam e ainda botam outro nome…)

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *