Motoego

Motoego
Motoego

Recentemente recebi um artigo bem legal sobre ego e suas armadilhas, que coloquei no final deste texto de hoje. Permitam-me complementar com coisas do nosso dia-a-dia motociclístico:

Se você acha que é “motociclista” por rodar na sua moto, tudo bem. Mas se você julgar qualquer pessoa que roda com outro tipo de moto, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é “biker” por usar um brasão nas costas, tudo bem. Mas se você julgar qualquer pessoa que usa um brasão diferente do seu, ou nenhum, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é “o aventureiro” porque saiu de moto da sua cidade, tudo bem. Mas se você julgar qualquer pessoa que ainda roda pela cidade, então você está preso em uma armadilha do ego.

Fique sempre atento quando começar a se sentir superior aos outros. Isso é indicação que você está entrando na armadilha. O ego chega de mansinho, pega idéias nobres como liberdade, igualdade, irmandade, honra, respeito, e distorce-as para que você se sinta superior aos outros. Então você começará a menosprezar aqueles que não estão seguindo o seu “motociclismo correto”. Superioridade, julgamento e condenação. Essas são armadilhas do ego.

Sua moto não é melhor que as outras. Seu brasão não é melhor que os outros. A estrada que você passou não é melhor que as outras. NÓS não somos melhores que qualquer um.

— ARTIGO ORIGINAL —–

“Se você acha que é mais “espiritual” andar de bicicleta ou usar transporte público para se locomover, tudo bem, mas se você julgar qualquer outra pessoa que dirige um carro, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é mais “espiritual” não ver televisão porque mexe com o seu cérebro, tudo bem, mas se julgar aqueles que ainda assistem, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é mais “espiritual” evitar saber de fofocas ou noticias da mídia , mas se encontra julgando aqueles que leem essas coisas, então você está preso em uma armadilha do ego.

Se você acha que é mais “espiritual” fazer Yoga, se tornar vegano, comprar só comidas orgânicas, comprar cristais, praticar reiki, meditar, usar roupas “hippies”, visitar templos e ler livros sobre iluminação espiritual, mas julgar qualquer pessoa que não faça isso, então você está preso em uma armadilha do ego.

Sempre esteja consciente ao se sentir superior. A noção de que você é superior é a maior indicação de que você está em uma armadilha egóica.

O ego adora entrar pela porta de trás. Ele vai pegar uma ideia nobre, como começar yoga e, então, distorce-la para servir o seu objetivo ao fazer você se sentir superior aos outros; você começará a menosprezar aqueles que não estão seguindo o seu “caminho espiritual certo”.

Superioridade, julgamento e condenação.
Essas são armadilhas do ego.”

[MOOJI – MAIS ESPIRITUAL]
——————————————–

Compartilhe!

2 Responses »

  1. Apesar de ter moto mas não saber pilotar uma eu amo motos num todo a sensação de liberdade e incrível. É cada um conduz sua vida da forma que quer e que pode todos temos o livre arbítrio. Não ao egocentrismo. Isso não leva a nada. Somos o que somos e não o que os outras quer que sejamos.
    #amomoto
    #queroumaviajemdemoto

    • Celma, há grupos na internet, como o mochileiros.com onde você pode conseguir companhia e uma carona de garupa. Para uma viagem de moto. Eu mesmo já fiz isso, dando carona em uma longa viajem ao exterior. Portanto, e so ter a coragem (e a precaução necessária) para realizar seu sonho. Estou torcendo para voce conseguir..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *