Páscoa em Uberaba

Páscoa em Uberaba

21/04/2011

Salve moçada! Espero que tenham curtido o feriadão! Nesse feriado resolvi colocar a moto na estrada. Segue um breve relato do passeio:

Quinta às 06h30min, peguei estrada com um tempo bom, mas com cara de que iria enfrentar calor na estrada. Peguei pela terceira ponte e segui para Cristalina pela estrada do algodão, parando no Templo da Ciência (196 km de casa) às 08h30min, onde havia combinado de encontrar com o sogro, cunhado e as respectivas (patroa trabalha no judiciário e pegou estrada na quarta). Depois de 20 minutos os mesmos chegaram, abasteceram, tomamos um café e saímos. A viagem estava seguindo muito bem, quando a moto do cunhado deu uma pane a 50Km de Catalão, em um baita cerrado sem uma árvore à vista. Tentamos um tranco, porém sem sucesso. Pouco tempo depois reconheço meu tio passando com destino a Uberaba, mas já era tarde para assoviar, jogar pedra, restando apenas dar uma xingadela de leve. Verificamos os fusíveis, mas não identificamos nenhum problema aparente. Segui viagem com a sogra até Catalão para tentarmos contato com um guincho, enquanto o restante ficou fazendo uma análise mais detalhada dos fusíveis, uma vez que tinha uma suspeita de curto no farol. Mas claro que ninguém entendia PN. Chegando ao posto JK, fomos procurar o contato do guincho. Entre R$ 180 e R$ 250 (se tivesse segurado não teria esse tipo de problema). Passados 25 minutos o cunhado chega com a moto, dizendo que a mesma havia funcionado depois que tirou o fusível do farol, mas só estava pegando no tranco. Reunimos as três motos novamente e seguimos até Araguari, destino final deles. Tomei mais um cafezim e segui sozinho até Uberaba, chegando com 01h30min de atraso pelo problema da moto.

No domingo havia combinado de tomar café em Araguari, mas a “catcha” não deixou. 09h00min saí de Uberaba, chegando a Araguari às 10h30min com o restante do pessoal quase pronto para pegar estrada, mas a “catcha” também tinha passeado por lá. Conversamos um pouco e saímos às 11h00min. Trânsito fluindo bem apesar do retorno do feriado prolongado. Primeira parada no Posto El Dorado, onde fizemos um lanche e o sogro abasteceu a moto. Próxima parada foi o Templo da Ciência, onde abastecemos as três motos, demos uma esticada no esqueleto e seguimos em frente. Passamos pelo posto JK de Cristalina, estava bastante cheio, pegamos a estrada do algodão para desviar do trânsito de Luziânia. Esse trecho foi bastante cansativo e quando estávamos na metade do trecho o sogro passa o rádio para a garupa dizendo que tinha problemas. Ficou com as pernas dormentes por ter ficado muito tempo com as mesmas esticadas. O jeito foi voltá-las para o lugar e esperar acordar novamente. Chegando ao posto Pedrão, nos deparamos com uma baita fila, pois resolveram vender gasolina a R$ 2,89. Ficamos na fila batendo papo e rindo do sogro contar que havia ficado sem perna um pouco atrás. Motos abastecidas novamente e seguimos em frente. O trânsito aumentou um pouco dali em diante. Chegando ao balão, eles seguiram para a Marinha, sentido BR-040 e eu segui para o Lago Sul. Chegando 16h45min no plano, recebo a notícia de que valeu muito a pena pegar a estrada do algodão, pois o transito estava parado em Luziânia por causa dos quebra molas e a quantidade de carros.

Foi um belo passeio no feriado!

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *