Passeio Vila Propício

Passeio Vila Propício
Passeio Vila Propício

Frequentemente o site Curta Mais indica as atrações de Vila Propício, município localizado próximo a Goianésia e Pirenópolis. Lá existem dezenas de cavernas e a região é citada como a segunda maior do Brasil, apenas atrás de Terra Ronca também em Goiás. Outra atração é o Lago Azul, de águas cristalinas. Aproveitamos o final de semana de 28/10/17 para ir até lá e conhecer mais um pouco do interior de Goiás e suas belezas naturais.

.
.

APOIADOR

24h por dia de Rock e Blues – clique para ouvir enquanto lê o texto


A Vila Propício tem um acesso asfaltado por Goianésia, e dali para o resto do mundo. De Brasília até Goianésia temos três rotas principais:

– BR-060 + BR-153: Brasilia – Alexânia – Anápolis – Jaraguá – Goianésia – Vila Propício: 310Km. Desvantagem do pedágio em Alexânia e o movimento enorme de caminhões na pista simples e mal-conservada da BR-153. Mapa: https://goo.gl/maps/phBuDzdWAaF2

– BR-070 + BR-153: Brasília – Águas Lindas – Pirenópolis – Jaraguá – Goianésia – Vila Propício: 300Km. Evita o pedágio em Alexânia e o movimento de Anápolis, mas pega ainda um trecho da BR-153 até Jaraguá. Muitos não gostam do trecho entre Ceilândia e Aguas Lindas, um dos mais perigosos do DF em termos de acidentes. Mapa: https://goo.gl/maps/sy7wvjVdKP32

– BR-080 + GO-080: Brasília – Brazlândia – Padre Bernardo – Barro Alto – Goianésia – Vila Propício: 260Km. Todo em pista simples, bem conservado e com pouco movimento. O trecho entre Taguatinga e Brazlândia foi recapeado recentemente. Mapa: https://goo.gl/maps/n7wgGbjk9x62

Existem também vários acessos por terra para os fãs do off-road, indo por Pirenópolis, Cocalzinho ou Assunção de Goiás (Dois Irmãos). Já fiz um destes trajetos, percorrendo o traçado da BR-251. Muito divertido e com ótimo visual percorrendo as colinas.

ACESSOS À VILA PROPÍCIO/GO

Partimos sábado cedo, pela rota da BR-080. Dia nublado, sem aquele calor infernal da época seca. Abastecemos em Brasília e no posto Dois Irmãos, 160Km depois. Fica no entroncamento das BR 080 e 414, no distrito de Assunção de Goiás. Ali tem uma ótima lanchonete, aproveite pra esticar as pernas e abastecer o bucho também. Seguimos para Barro Alto, entramos na GO-080 para Goianésia, tudo bem sinalizado e pista boa.

Chegando na Vila Propício, notamos que a cidade é bem pequena, típica do interior. Já era meio-dia e quase tudo fechado. Fomos até o Hotel Restaurante Almeida onde fomos muito bem recebidos pelo casal Alex e Adriana. Conhecedores da terra, nos deram todas as dicas para aproveitar bem as atrações. Almoçamos ali mesmo, uma ótima comida goiana caseira. Também conhecemos Dona Dulce, que passou várias boas informações sobre a história da cidade.

Para conhecer as cavernas é essencial contratar um dos guias da cidade pois elas estão dentro de fazendas privadas e o acesso não é livre. Importantíssimo o turista trazer também lanternas boas e até mesmo os capacetes. A cidade não oferece estrutura nenhuma para visitação das cavernas, e os guias não tem veículo próprio para te levar. Apesar de terem mapeado quase 50 cavernas, poucas estão recebendo visitantes. Ou seja, a cidade tem um potencial turístico bem interessante para os fãs do ecoturismo, e totalmente inexplorado. Se não fosse a simpatia de Alex, Adriana e Dona Dulce, poderíamos dizer que a cidade não quer turistas.

Como fomos de moto, não tínhamos espaço pra levar um guia, e então o passeio até as cavernas ficou para uma outra oportunidade. Aproveitamos para conhecer o famoso Lago Azul, que não tem complicação para visitação.

O Lago Azul é uma nascente protegida em área privada, com estrutura para receber visitantes. Tem bar, banheiros e permite camping. Uma boa opção para passar o dia. O acesso é por uma estrada de terra, e na época que fomos estava bem conservada. São nove quilômetros da cidade até o Lago Azul. Esta estrada segue até Lagolândia e Pirenópolis por mais trinta e poucos quilômetros de terra.

No final do dia retornamos à cidade, onde pernoitamos no Hotel Almeida. Simples mas acolhedor, e com preço justo. Alex preparou uns petiscos e a conversa sobre viagens, estrada e aventuras foi longe. Se você animar de ir até a cidade, este é o local pra se sentir em casa.

Contatos:
Hotel Almeida: (62) 996977155
Lago Azul: (62) 996059376 / zap 62-999584748

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *