Curvelo 2006

Curvelo 2006

A viagem ao encontro de Curvelo/MG foi muito boa. Em cima da hora reunimos sete amigos e tocamos para esta bonita cidade mineira. Um grupo de seis motos saiu cedo pela manhã, enquanto eu e Lilian saímos no início da tarde devido a alguns compromissos. A viagem seguiu tranquila na BR-40 tendo alguns trechos em obras de recuperação, no estado de Minas. Em GO e DF, a BR-40 continua a lesma lerda… buracos e ondulações entre Valparaíso e Cristalina.

Em uma dessas paradas na pista devido às obras encontramos um grupo de triciclos dos Kamikazes MCC e seguimos juntos até perto de Curvelo. É importante registrar que o acesso a Curvelo está terrível, com uns 30km de estrada esburacada/ondulada e com areia sobre o asfalto, que se torna perigosissima. Pra piorar, fizemos este trecho à noite!! Não foi à toa que os Kamikazes presenciaram um acidente com uma moto retornando de Curvelo e socorreram o casal. Eu estava um pouco adiantado, não vi o acidente! Quero deixar um grande abraço ao Hélvio e demais Kamikazes!

O evento, organizado pelos Zangões MC, estava ótimo! Achei muito bem feito, muita gente prestigiando, área para camping, espaço protegido para quem gosta de manobras de moto, shows de qualidade e ENTRADA FRANCA! Realmente uma festa de motociclistas feita por motociclistas! Merece a visita novamente em 2007!

Aproveitamos a proximidade e também fomos conhecer Diamantina, terra natal de Juscelino Kubistcheck, em um passeio rápido bate-e-volta. Passeamos pelo centro histórico, mas pelo adiantado da hora e dia da semana, estava tudo fechado. O negócio mesmo era andar na estrada!! hehehe

Clique nas fotos para ampliar

Dupla Dinâmica
Dupla Dinâmica
Turma toda em Curvelo
Turma toda em Curvelo
Igreja
Igreja
Missa
Missa
Missa
Missa
Zoeira ali dentro
Zoeira é ali dentro!
Virago bandida
Virago Bandida
Camping
Espaço para acampamento
Stand Yamaha
Stand Yamaha
Stand Honda
Stand Honda
Moto, Mulher e estrada
Não precisa de mais nada!
Que moto pesada, sô!
Que moto pesada, sô!
Estação
Estação Diamantina
Casa de Juscelino
Casa de Juscelino
Ladeira maldita
Ladeira Maldita

“Não explico porque ando de moto! Para quem gosta, não é necessário,

e para quem não gosta, nenhuma explicação é possível”

Autor desconhecido


Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *