DICAS PARA A BR-153

DICAS PARA A BR-153
DICAS PARA A BR-153

DICAS PARA A BR-153

A BR-153 corta Brasil de norte a sul, se estendendo por 4355Km de Marabá/PA até Aceguá/RS na fronteira com o Uruguai.

HISTÓRIA: https://pt.wikipedia.org/wiki/BR-153
VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=4ezoSNELxng

É chamada também de Rodovia Transbrasiliana justamente por atravessar quase todo o país, sendo uma ligação importante entre as cidades do interior/centro do país. Está praticamente toda construída (exceto um trecho no PR) e asfaltada (exceto um trecho no RS). A pista é simples em sua grande maioria, e duplicada entre Itumbiara, Goiânia e Anápolis. Existe pedágio em SP, MG e GO (de Itumbiara até Anápolis), com cobrança para motos. O pavimento normalmente está em bom estado, com manutenção periódica, mas podem ocorrer buracos e deformações devido ao intenso tráfego de caminhões. O trecho mais perigoso de acidentes é a travessia urbana de Goiânia. A travessia de São José do Rio Preto/SP também é movimentada e lenta. Existe uma balsa na divisa do Tocantins com Pará, ligando as cidades de Xambioá/TO e São Geraldo do Araguaia/PA.

A BR-153 é a Belém-Brasília?

Em vários mapas, aparece a marcação Belém-Brasília para a BR-153, e também é um apelido popular. Mas a BR-153 NÃO É oficialmente a Rodovia Belém-Brasília, e nem passa por essas duas cidades. A confusão é devido à falta de conclusão da BR-010 (a verdadeira Belém-Brasília) e à elevação da BR-153 como principal eixo rodoviário de Tocantins especialmente após o movimento de criação do estado do Tocantins e da capital Palmas. Vamos falar sobre a BR-010 aqui neste outro texto.

De Brasília até Belém pela BR-153

Saindo de Brasília, deve-se pegar a BR-060 até Anápolis, e então acessar a BR-153 e percorrer o norte do Goiás e quase todo o Tocantins até Xambioá/TO. Ali atravessar o Rio Araguaia de balsa, e continuar na BR-153 até Marabá. De Marabá em diante, o caminho para Belém se faz pelas estradas estaduais, até Moju. Lá você tem a alternativa de seguir para o anel rodoviário de Ananindeua, ou para o Porto de Arapari e pegar uma balsa que chega no centro de Belém. As duas rotas são boas, pavimentadas e em bom estado de conservação (2015, 2017).

Roteiro de Anápolis até Marabá: https://goo.gl/maps/AYEzNoVwKMD2
Roteiro de Marabá ao Porto de Arapari: https://goo.gl/maps/Y8esWcY7FRM2

De Brasília para o sul

Já tivemos a oportunidade de rodar pela BR-153 para o sul até Tibagi/PR. De Anápolis até Itumbiara pista duplicada por 260Km em ótimo estado. Em MG, SP e PR, pista simples, relevo sinuoso, montanhoso, e com bastante pedágio. Um dos mais caros do Brasil está na divisa SP/PR, em Jacarezinho, custando 12 reais para motos! No PR a pista não é tão bem conservada, apesar do pedágio. É uma boa rota para Curitiba, chegando em Tibagi e pegando a estrada para Ponta Grossa. Caso queira prosseguir pela BR-153 após Tibagi, só lembrar que ela não foi implantada e “se perde”, retornando vários depois. Em SC tudo ok, e no RS existe ainda o infame trecho de 70Km de terra entre Erechim e Passo Fundo. Continuando a estrada até Bagé, Aceguá, e a fronteira com o Uruguai, pode-se chegar a Montevidéu pela Ruta 8.

Turistando

A BR-153 cruza o interiorzão do Brasil, e permite acessar várias regiões turísticas interessantes. No Rio Grande do Sul, passa próxima da região dos vinhos, e de fósseis de dinossauros em Candelária/RS. Em Santa Catarina, a estrada atravessa a região do Contestado, com museu histórico sobre esta guerra brasileira de 1910 em Caçador/SC. No Paraná, destaca-se o Canion Guartelá com acesso em Tibagi. Em Goiás, temos as águas termais de Caldas Novas, com acesso a partir de Piracanjuba ou Morrinhos, e as atrações aquáticas do lago de Serra da Mesa com acesso em Uruaçu. Em Tocantins as atrações naturais como Jalapão (acesso por Palmas), Ilha do Bananal (acesso por Gurupi) e as áreas de praia do rio Araguaia e Tocantins são as principais. A Chapada das Mesas no Maranhão também é acessada pelo Tocantins, em Araguaína no rumo de Carolina/MA.

Condições da Rodovia (DNIT):
Verificar em cada estado por onde você vai passar –
http://servicos.dnit.gov.br/condicoes/

Lembre de ver no mapa do site www.motoencontros.com os pontos que já marcamos lá, como postos de gasolina, hospedagens, restaurantes, e outros locais interessantes. Pra quem gosta, tem as coordenadas para você passar para seu GPS.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *