Dicas para a BR-158 MT e PA

Dicas para a BR-158 MT e PA
Dicas para a BR-158 MT e PA

DICAS PARA A BR-158 no MT e PA

A BR-158 no MT e PA era toda de terra e uma das piores rodovias do Brasil. Felizmente tem sido recuperada nos últimos anos.

HISTORIA: https://pt.wikipedia.org/wiki/BR-158
VIDEO: https://www.youtube.com/watch?v=-AEE8HjRDV8

A estrada esteve praticamente abandonada por vários anos, com muitos trechos de terra e asfalto completamente detonado. Basta ver os vídeos de anos anteriores no youtube. A pressão do agronegócios, que usa a rodovia para o escoamento de grãos para os portos de Belém, por exemplo, levou ao asfaltamento de novos trechos e recuperação dos antigos. Agora em outubro/2016 já temos boa notícia de asfalto recuperado em quase toda sua extensão, faltando recuperar 50Km entre Santana do Araguaia e a Vila Mandi, no Pará.

** Passamos em Agosto/2017 e já estava recuperado o asfalto neste trecho de Santana do Araguaia até Vila Mandi. Apenas as pontes de concreto precisavam ser reconstruídas, sendo necessário muita atenção ao passar. São pontes de UMA pista, completamente detonadas.

Já no MT, o trecho que atravessa a Terra Indígena Maraiwatsedé ainda está de terra, e a tendência é asfaltar a rota alternativa que passa por Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova Dourada e Alto Boa Vista. Mas isto ainda está em debate, e enquanto não se resolve a solução é enfrentar o trecho de terra. Na época da seca, é o poeirão, buracos e nada de posto de gasolina. Na época da chuva, o lamaçal e atoleiros são um grande desafio. O alto tráfego de caminhões torna este trecho EXTREMAMENTE PERIGOSO de acidentes.

O mapa que fizemos é baseado nas informações do DNIT e nos relatos de amigos viajantes que passaram recentemente em SETEMBRO/2016. Apesar da evolução, continua sendo uma estrada perigosa, com muitas pontes precárias de Alô Brasil até Redenção. O traçado planejado vai pra São Felix do Xingu e Altamira, mas nunca foi feito. Na prática, a BR-158 se conecta à BR-155 e prossegue para Eldorado dos Carajás e Marabá. Uma rodovia amazônica que dá acesso a locais como Serra Pelada e as minas de ferro de Carajás, entre várias outras aventuras.

DNIT – CONDIÇÕES DA RODOVIA:
MT – http://servicos.dnit.gov.br/condicoes/condicoesdrf.asp?BR=158&Estado=Mato+Grosso&DRF=11
PA – http://servicos.dnit.gov.br/condicoes/condicoesdrf.asp?BR=158&Estado=Par%E1&drf=2

Lembre de ver no mapa do site MOTOENCONTROS os pontos que já marcamos lá, como postos de gasolina, hospedagens, restaurantes, e outros locais interessantes. Pra quem gosta, tem as coordenadas para você passar para seu GPS.

br-158-mt_20160921

br-158-pa_20161006

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *