Amazonia 2017 – Vigesimo Terceiro Dia

Amazonia 2017 – Vigesimo Terceiro Dia

Dia 23 – Rio Essequibo a Boa Vista/RR
Cedão levantamos acampamento, pegamos a segunda balsa do dia (sai de hora em hora) e tivemos a grata surpresa da estrada melhorar MUITO. A área é um parque nacional, floresta “intocada”, e aceleramos… 60Km/h de cruzeiro. No dia anterior era menos de 30! Neste trecho haviam mais 2 controles policiais, um já esperado e um não informado pelos relatos que lemos. Mas tudo certo, documentação em dia não dá problema. Estrada serpenteia em região serrana, pista bem estreita e algumas ladeiras. Pegamos seco, mas quando molhado deve dar bastante trabalho. Quando as colinas acabaram entramos em uma planície. Estamos chegando perto, agora vem o trecho da Vila Annai, e o pântano alagado até a fronteira com o Brasil. Duas semanas antes, os amigos da Expedição Suriname pegaram atoleiros grandes. Quando chegamos as águas já haviam baixado, a estrada estava seca, firme. Poucos trechos úmidos/enlameados. Tem muito pedregulho na estrada, colocado para firmar o fundo de buracos. Pegamos também uma máquina na pista enchendo buracos, terra fofa e cuidado ao passar. Colocamos a gasolina reserva em Annai e conseguimos chegar tranquilos na fronteira. Comemoração na placa de Lethem, realmente uma estrada difícil, mas não impossível. As histórias de terror sobre assaltos… em nenhum momento nos sentimos em perigo. Um habitante explicou: assaltante quer roubar os garimpeiros, não turistas sujos e fedidos. A saída na aduana foi tranquila, rápida. Não entendemos a entrada de Bonfim, cidade brasileira da fronteira, e passamos reto. Logo estávamos no rumo para Boa Vista. Asfalto novamente, da melhor qualidade. Estrada erma, só fomos ver posto chegando perto da capital de Roraima. Paramos no mesmo hotel da turma, e rapidão mais uma comemoração com os amigos da cidade, Cezar Riva e Chardson.

Compartilhe!

2 Responses »

  1. Parabéns Bressan,

    Excelente aventura. Top.

    Obrigado pela lembrança.

    Estamos as ordens. Sempre.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *