Dicas para a MT-100

Dicas para a MT-100
Dicas para a MT-100

DICAS PARA A MT-100

Implantada parcialmente, é a estrada mais ao leste do MT e corre ao lado da divisa com Goiás e Tocantins, o Rio Araguaia. O trecho de terra e areia ao norte de Cocalinho é uma aventura off-road incrível e desafiadora!

A MT-100 inicia no sul do MT em Alto Taquari, próximo à divisa tríplice MT/MS/GO e da nascente do Rio Araguaia. A estrada se estende rumo norte por 620 quilômetros até Cocalinho. Nos primeiros 120Km tem asfalto velho esburacado até Alto Araguaia, importante pólo de transporte de cargas na BR-364. Este trecho foi concedido agora em 2018 para iniciativa privada refazer a estrada e cobrar pedágio por 30 anos. De Alto Araguaia a Barra do Garças são 185 Km asfaltados recentemente, faltando três trechos curtos para fechar os 230 Km totais, o maior de 30Km entre Araguainha e Ponte Branca. De Barra do Garças para Araguaiana temos 55Km de asfalto e então 206 km de terra “boa” até Cocalinho.
Vídeo:
2018 – Concessão da MT-100: https://www.youtube.com/watch?v=ZI2SAgLmpqk
2015 – Asfaltamento Alto Araguaia a Barra do Garças: https://www.youtube.com/watch?v=DkIOKYjxzrY

Roteiro: https://goo.gl/maps/KXGaKzq1hf82

De Cocalinho em diante, a estrada não existe oficialmente, mas consta o planejamento de seu traçado por ali nos mapas do DNIT. Passando por áreas de preservação do Rio Araguaia, vai demorar pra ser uma estrada oficial. Este trecho ao norte de Cocalinho vai até Luciara, com mais 480Km de pauleira. No trecho de terra, razão das nossas aventuras, a estrada alterna entre implantada com manutenção, sem manutenção, trechos somente planejados, passando por dentro de fazendas. E muitos trechos de areia fofa derrubadora de ogros. O roteiro no Google Maps ainda é descontínuo, vários traçados não estão registrados no mapa, impedindo o roteamento completo de Cocalinho até Novo Santo Antônio.

Parcial 1 – Cocalinho ao Entroncamento com Luiz Alves – https://goo.gl/maps/mgrpr5bs3an
Parcial 2 – Entroncamento Luiz Alves a Balsa do Rio Cristalino/Inácio – https://goo.gl/maps/VfSs6yCuUoD2
Parcial 3 – Balsa do Rio Cristalino/Inácio a Balsa Rio das Mortes em Novo Santo Antônio – https://goo.gl/maps/H77o8q9Lg4L2

Em 2016 Bressan e Sérgio Nehring fizeram os trechos parciais 2 e 3, de Luiz Alves / Goiás, até Novo Santo Antonio/MT, que até hoje foi o trecho mais difícil de estrada que já percorreram. Planejamos percorrer 200Km naquele dia, para chegar em Ribeirão Cascalheira perseguindo a rota planejada da BR-080 rumo leste-oeste. Fizemos 75Km!!! Sendo 8h pra fazer os primeiros 50Km, em um rumo norte-sul que se mostrou o único viável. Dois marinheiros de primeira viagem com muita vontade e pouca noção da encrenca onde se meteriam. Naquela época, conseguimos localizar apenas UM track de GPS e a rota não era o que queríamos fazer, colocamos como alternativa caso desse errado. E deu! Com pouca quilometragem feita no primeiro dia do trecho, restava sair dali em mais um dia de estrada. Foi melhor, conseguimos fazer 80Km pela manhã e chegar em Novo Santo Antônio. Ali, o cabo do acelerador quebrou e passamos a tarde arrumando. Quebrou talvez pelo esforço na areia, não sei, mas quebrou, reparamos e prosseguimos no dia seguinte. Procure ver o segundo e o terceiro dia dessa viagem: VIDEO DO TRECHO

Em 2017 Bressan, Celso e Durval pegaram um pequeno trecho da MT-100, pois não era o objetivo da viagem. O alvo era o traçado da BR-251 entre Aruanã e Nova Xavantina, coincidindo poucos km com a MT-100. Veja o VIDEO DO TRECHO

A segunda tentativa séria na MT-100 foi agora em 2018. Bressan e Sérgio novamente na estrada. Agora já pensando na rota parcial mais longa, do norte de Cocalinho até São Felix do Araguaia, conhecendo novos trechos e repetindo o de 2016. No DF não tem areia pra treinar, então resolvemos ir para o MT margear o Rio Araguaia até a Ilha do Bananal, voltar pro Tocantins e seguir dali para o Jalapão. Era nossa idéia de treino, bastante areia pra aprender a enfrentar o Jalapão. O plano era bom, só esquecemos de combinar com a estrada.

A MT-100 de Itacaiú/GO até Cocalinho/MT, estava muito boa. Uma estrada rural larga, normal como qualquer outra, talvez com um pouco mais de saibro e poeira, mas tranquila por 110Km. A partir de Cocalinho, a estrada segue rural estreita por mais uma dezena de km, quando entra na várzea do Rio Araguaia. Ali começa a areia e a encrenca. Pista mão única, mato batendo na cara, bicho passando, sulcos altos do tráfego existente. E cercas, muitas cercas. Porteiras fechadas, amarradas, arames. E calor, muito calor. Três litros de água pra cada um não foram suficientes. Tivemos alguns tombos, e num deles deu ruim. Por volta das 17h paramos na última fazenda que tínhamos como opção, estávamos ainda bem longe da meta do dia. Ali após o papo com o pessoal da fazenda, resolvemos abandonar o plano original e improvisar a volta pra Goiás devido às necessidades médicas agora mais importantes. Veja o VIDEO DO TRECHO

Conseguimos gravar a telemetria do trecho percorrido, para servir de referência para os próximos aventureiros. O pouco que existe no Google Maps e OpenStreetMaps está errado, batemos em várias porteiras fechadas e currais cercados. Com o tempo esses roteiros serão absorvidos pelos mapas digitais, mas sempre vale a pena conferir antes de ir.

Rota 1: Fazenda Globo até Fazenda Liquinha
Rota 2: Fazenda Liquinha até Novo Bandeirante

O trecho de Novo Santo Antônio até São Felix do Araguaia tem mais 86Km de terra/areia, ainda não fizemos, mas o esperado é essa estrada estreita pela várzea do rio. Pelo satélite se vê algumas casas apenas. Em São Félix a MT-100 coincide com a BR-242 por um pequeno trecho e depois ruma para Luciara, onde termina após 96Km.

Roteiro: https://goo.gl/maps/V1eoz3H28mp

Lembre de ver no mapa do site MOTOENCONTROS os pontos que já marcamos lá, como postos de gasolina, hospedagens, restaurantes, e outros locais interessantes. Pra quem gosta, tem as coordenadas para você passar para seu GPS.

APOIADORES:
Radio 4 Tempos

FOTOS:
Balsa Luis Alves

Lado MT da Balsa Rio Araguaia em Luis Alves

O início do trecho

O início do trecho Luis Alves ao Rio Cristalino. Dia 2 da viagem Amazônia 2016.



Muita areia fofa e horas pra rodar poucos km



Dezenas de mata-burro como estes, pelas fazendas no trecho.



75Km e 9 horas pra chegar no Rio Cristalino, Balsa do Inácio.



Iniciando o dia 3 da viagem Amazônia 2016



Trecho longo de areia fofa na APA Meandros do Rio Araguaia. Muitos tombos e canseira.



Passando pela APA Meandros do Rio Araguaia, aqui um trecho firme.



Um mata-burro destruído já perto do final do trecho.



Chegando no Rio das Mortes, em frente a cidade Novo Santo Antônio. 80Km pela manhã do dia 3.

Balsa Rio das Mortes

A pequena balsa que veio nos buscar, cabia uma moto por vez.

Compartilhe!

3 Responses »

  1. Bressan, o trecho que vc citou de Novo Santo Antônio até São Félix do Araguaia eu passei em agosto 18. De lá atravessamos a ilha do bananal. Os primeiros 35 km são terra batida, depois nos 50 km finais tem muita poaca e areia (mas passamos já escuro então ficou prejudicada a percepção da estrada). A região toda é bem bonita!

    • Valeu mesmo Adriano! Muito boas as informações e as fotos da sua aventura! Que em 2019 a gente consiga rodar junto numa dessas!

      • Vamos sim Bresser
        Tem muitas estradas a explorar na região centro oeste
        Na ilha bananal descobrimos uma estrada que corta a ilha de norte ao sul
        Esse trecho nunca passei
        Depois volta por aquela de novo Santo Antônio até Luís Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *